NOTÍCIAS


Voleibol de Jaraguá do Sul exporta talentos para outros centros

Isabely Ayumi Takaesu, carinhosamente conhecida como Japa, é mais um exemplo do trabalho de excelência que é feito nas bases do desporto de Jaraguá do Sul, em especial no voleibol feminino.

Formada no polo de voleibol do projeto Evoluir, na Escola Cristina Marcatto, a jovem atleta fechou contrato no começo deste ano com o clube Realizar/Fupes/TCDS de Santos (SP) para as as disputas dos campeonatos Sub 21 e Adulto.

Ante disso, ela foi eleita a melhor Líbero Sub 18 da Taça Paraná, em 2018, sem contar a coleção de títulos com o time do ADV/Jaraguá/Secel. Depois foi contratada pelo Sesi Bauru, em 2021. Jogou seis meses por lá e voltou para disputar os Joguinhos, ajudando a equipe a conquistar o vice-campeonato.

Para a atleta é inegável que as equipes do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, dominam o voleibol feminino. “Ao fazer parte de uma dessas grandes equipes, as chances de projeção no cenário nacional da modalidade, são muito grandes”.

Para a técnica Tatiana Altini, o sentimento é de orgulho: “Ainda a Cristina Marcatto, a Japa veio para treinar comigo nas equipes de base aos 12 anos. Era inicialmente ponteira, mas foi se adaptando muito bem como líbero. Ao atingir a idade de 15, 16 anos, passou para a equipe da professora Karina de Souza, com quem treinou até se transferir para São Paulo. A professora Karina e eu, desejamos muito sucesso à ela e sabemos que está colhendo os frutos de muito esforço e dedicação durante anos”, concluiu Tatiana.

Como ex-atleta e ex-técnica de voleibol, a professora Natália Lúcia Petry, Secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Jaraguá do Sul, falou do orgulho de ter tantos atletas jaraguaenses sendo contratados por equipes grandes:

“Acredito muito no trabalho de base que vem sendo feito em Jaraguá do Sul há décadas, seja no Voleibol, no Basquete ou no Futsal. Quando implantamos o programa Bolsa Técnico Desportivo, um dos objetivos foi justamente estender esse trabalho à todas as modalidades, pois sabemos que isso traz muitas coisas boas para nossos jovens. Nos últimos dois anos, tivemos aproximadamente dez atletas contratados por equipes do Rio, São Paulo e Minas Gerais, só nas modalidades de Voleibol e Basquete. É um mundo de oportunidades que se abre para esses jovens e isso nos deixa com a certeza que estamos no caminho certo”.




30/03/2022 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
AMOR SEM FIM