NOTÍCIAS


Tio é condenado a 21 anos pela morte do sobrinho em aldeia indígena de SC, decide Justiça

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado pelo homicídio do sobrinho dentro de uma aldeia indígena em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. A decisão foi informada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) na quinta-feira (22), uma semana depois do júri popular que julgou o caso.

O crime aconteceu em 3 de abril de 2022, quando o condenado, armado com uma adaga e um pedaço de madeira, intimidava pessoas que passavam pela via na aldeia Toldo Chimbangue. A vítima chegou de motocicleta e foi derrubada com um golpe de madeira.

No chão, o tio desferiu um golpe com a adaga no sobrinho, que foi atingido no lado direito do abdômen. O homem está preso desde a data do crime, segundo o TJSC.

O motivo da desavença seria a demissão da vítima da empresa onde o tio também trabalhava. A reportagem do g1 tenta contato com a defesa do condenado.

Durante o julgamento, os jurados reconheceram as qualificadoras de motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. O acusado teve negado o direito de recorrer da condenação em liberdade por conta do pedido anterior de habeas corpus julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A Justiça também ressaltou que o réu já tinha outra condenação por um delito violento e “que seu comportamento preocupava toda a comunidade onde morava”.




24/06/2023 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
JORNAL DA MANHÃ