NOTÍCIAS


Saúde reforça cuidados após identificar dois focos do mosquito da dengue em Schroeder

Dois focos do mosquito da dengue foram identificados recentemente em armadilhas instaladas pelo setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde em Schroeder.

Um deles na rua Erich Froehner, próximo à antiga olaria, em Schroeder I, e o outro na rua Expedicionário Osvaldo Kanzler, no bairro Rio Hern.

A Vigilância reforça os cuidados, como evitar deixar água parada, e solicita a colaboração da população para receber o agente de endemias, que fará a vistoria do imóvel e repassará orientações para evitar a proliferação do mosquito. O agente de endemias estará com a identificação do crachá e do colete.

“O agente de endemias do Município fará nestes locais a delimitação de foco, ou seja, fará uma visita em todas as residências e comércios em um raio de 300 metros das armadilhas onde teve foco positivo”, explica a secretária de Saúde, Ingrit Eli Roweder.

Eliminar os criadouros do mosquito é a melhor estratégia para evitar dengue, zika e chikungunya. As três doenças apresentam sinais e sintomas parecidos.

A dengue comum tem como principais sintomas a febre acima dos 38º por mais de cinco dias, dores intensas atrás dos olhos e na cabeça, cansaço, dores fortes nos músculos, falta de apetite e manchas vermelhas na pele.

Sua versão mais radical e perigosa, a dengue hemorrágica, pode provocar sangramentos na boca, gengivas e nariz, dificuldade de respiração, fortes dores abdominais, confusão mental, boca seca e sede constante.

Caso apresente sintomas, procure uma unidade de saúde de Schroeder para o atendimento.

PREVENÇÃO

Conforme a gerente de Vigilância em Saúde de Schroeder, Cristiane de Lima Pacheco, o controle do Aedes aegypti depende da ação de toda a população. “São ações simples, que contribuem para a redução do risco de transmissão dessas doenças”.

Dicas de prevenção:
– evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda;
– guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
– mantenha lixeiras tampadas;
– deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
– plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
– trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
– mantenha ralos fechados e desentupidos;
– lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
– retire a água acumulada em lajes;
– dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;
– mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
– evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
– denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde.




08/02/2023 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO