NOTÍCIAS


Polícia Científica busca terreno para sede própria em Jaraguá do Sul

A pedido do presidente da Câmara Municipal de Jaraguá do Sul, vereador Jair Pedri (PSD), o perito regional da Polícia Científica de Santa Catarina, Eduardo Linhares, participou da sessão desta terça-feira (19) no Legislativo para apresentar os trabalhos da instituição e falar sobre as suas necessidades.

A Polícia Científica é o antigo Instituto Geral de Perícias (IGP) e atua utilizando-se da ciência para a realização de perícias criminais, identificação civil e identificação criminal, além de pesquisas e estudos nas áreas que são de sua competência.

A denominação atual foi instituída atendendo à resolução n° 1/2020 do Conselho Nacional de Dirigentes de Polícia Científica (CONDPC), que estabelece a padronização dos órgãos de perícias oficiais no país.

Essa padronização não diz respeito apenas ao nome, mas também a sua estrutura.

Em Jaraguá do Sul, a instituição funciona na sede da 15ª Delegacia Regional de Polícia, na Rua Emmerich Ruysan, no bairro Vila Nova, atendendo aos municípios do Vale do Itapocu.

Esse foi um dos motivos que fizeram Linhares ser convidado para a sessão da Câmara.

Segundo o perito, o órgão está em busca de um terreno para construção da sua sede própria para poder ampliar os serviços ofertados aos moradores da região.

Ele afirma que os recursos para a realização das obras já foram liberados pelo Governo do Estado, cerca de R$ 3 milhões, porém o local ainda não foi definido, já que o Executivo Estadual não possui nenhum imóvel nas proximidades da 15ª DRP e do Ministério Público.

Ele salienta que o modelo de prédio para abrigar a entidade também já foi estabelecido, obedecendo a padronização nacional e as necessidades estruturais que são demandadas.

Conforme explica Linhares, a proximidade com outros órgãos de estado é fundamental para o bom desempenho dos serviços prestados pela Polícia Científica, pois permite dar mais celeridade aos atendimentos.

“Existem algumas áreas que são do Estado, mas nenhuma delas dentro da região em que a gente procura, que é a região do bairro Vila Nova”, ressalta.

O perito relata que já fez reuniões com representantes da Prefeitura jaraguaense e da Associação das Câmaras de Vereadores (Avevi) para tratar do assunto e frisa que tiveram uma resposta positiva nas duas ocasiões.

Jair Pedri sugeriu, durante a sessão, que os vereadores de Jaraguá do Sul façam uma moção de apelo direcionada à Administração Municipal pedindo a disponibilização desse terreno à Polícia Científica.

“Que possa, pelo menos, estudar a proposta”, esclarece.

A moção deve levar a assinatura de todos os parlamentares e será protocolada e votada em breve no Legislativo jaraguaense.




20/04/2022 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
JORNAL DA MANHÃ