NOTÍCIAS


Museu di Ferramenta, em Santa Luzia, recebe melhorias

O Museu di Ferramenta D’Affari dei Nonni, no bairro Santa Luzia, buscou por meio de projeto cultural ressignificar a lateral do Museu no galpão sede, montando uma fileira de bustos de cavalos, ressaltando, desta maneira, a figura importante do animal que foi a força motriz no desenvolvimento do bairro e o Valo da Sociedade.

Foi com a ajuda e energia deste animal que o valo que corta todo o bairro foi construído. Ele foi utilizado também nos trabalhos dos pioneiros, na lavoura, para tocar engenhos, carregando materiais, em carroças, ou como forma de locomoção, enfim, para ajudar o homem nas suas atividades diárias.

Sabemos a importância que este animal gravou no bairro Santa Luzia, pois foi no seu lombo que os primeiros moradores chegaram e deles se utilizaram a sua vida toda como instrumento de trabalho.

Atualmente as máquinas substituíram a função no trabalho, mas a herança de seus feitos deve ser exaltada. Existe a sensação de pertencimento a memória coletiva, pois essa era uma figura presente em várias propriedades, informa Lauro Rosá, presidente do Museu.

Em busca da retomada pós-pandemia de covid-19, foi identificado que a fachada lateral do galpão sede do Museu não era atrativa visualmente e apresentava-se como um espaço a ser melhorado, pois há anos estava projetado para ser um estacionamento.

Então tirar a ideia do papel e transformar totalmente o ambiente seria uma grande melhoria para a unidade museológica.

Foram produzidos artesanalmente 10 bustos em concreto maciço, em tamanho de grandes dimensões de 0,70X0,50×0,30cm, instalados em 10 colunas de tubos de concreto divididas proporcionalmente ao espaço, inclusive como forma de demarcar as vagas de estacionamento e arranjados em parelhas, distribuídos os pares, pois assim eram acondicionados nas carroças ou diligências conforme as cores que representam as pelagens.

O Museu di Ferramenta (fundado em 1993), reconhecido como de Utilidade Pública em 19 de agosto de 1996, pela Lei 2.159/96, localizado em Santa Luzia, um dos bairros de maior concentração de descentes de imigrantes italianos, retrata através de suas inúmeras peças o início da colonização. Tem no seu acervo, utensílios, ferramentas, móveis, arados, carroças, cangas, moedores de mandioca, pilões. Possui fragmentos do altar da Primeira Igreja de Santa Luzia e objetos da primeira escola da comunidade.

Os objetos deste museu, em torno 2.500, constituem bens culturais de grande valor histórico, expõe os testemunhos materiais do homem.

A expressão: Museu di Ferramenta D’Affari Dei Nonni, traduzindo para o português significa: Museu das ferramentas e utensílios fabricados e usados pelos nossos avôs.

Esta ação foi realizada com aplicação do recursos federais da Lei 14.017/2020, intitulada de Lei Aldir Blanc e operacionalizada pela Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul. CONCURSO 241/2021 – EDITAL DE APOIO A PROJETOS CULTURAIS EM ATENDIMENTO AO INCISO III DA LEI ALDIR BLANC




31/03/2022 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
AMOR SEM FIM