NOTÍCIAS


Fórum em Schroeder gera debate sobre a importância da representatividade feminina na política

Na noite desta quarta-feira (17), o plenário da Câmara Municipal de Schroeder foi palco do 4º Fórum “Mulheres na Política: A força Feminina no Legislativo”. A iniciativa é do Colegiado da Mulher Vereadora da Avevi (Associação das Câmaras e Vereadores do Valei do Itapocu) e traz na pauta a importância da representatividade feminina no Legislativo, com o intuito de motivar as mulheres a estarem mais presentes na política.

O evento contou com a participação das ex-vereadoras, Maria de Lourdes S. Schewinski, Marina Fernandes e Mara Fischer, a vereadora atual e coordenadora deste fórum, Ana Leon, e a vereadora de Guaramirim, Maria Rosana Zermiani Franz, como palestrantes. A vereadora de Jaraguá do Sul, Maria (Nina) Santin Camello foi a moderadora.

Também estiveram presentes o prefeito municipal, Felipe Voigt, o presidente da Câmara, Manoel Ednilson Burgardt, o vereador Everaldo Manoel Coelho, vice-presidente da Avevi, representando o presidente Lairton Muller, e a presidente da Câmara Mirim, Suelen Tais Wudke.
Confira parte dos depoimentos e pronunciamentos do evento.

Confira parte dos depoimento e pronunciamentos do evento

Vereadora de Schroeder, Ana Leon, presidente da Procuradoria da Mulher do Município

Foi a vontade de fazer muito mais por Schroeder que a levou à candidatura, tendo no prefeito Felipe Voigt a sua referência na política. Segundo Ana, o desconforto gera mudança e foi assim que ela deu um passo a mais ao se candidatar, onde prometeu somente o seu trabalho.

Eleita, sendo a segunda mais votada, sentiu um misto de alegria e tristeza, pois seria a única mulher no Legislativo. Ana falou sobre outros temas, como machismo, considerado um assunto masculino, mas que não é só dos homens, pois as mulheres multiplicam comportamentos machistas.

“Eu percebi que sou política há muito tempo e não sabia. Hoje eu entendo que a política está em tudo na nossa vida. Eu achava que eu era metida, porque sempre quis estar no meio de um monte de coisas… me envolvi em muitos projetos sociais, no associativismo, na ACIAS. Hoje, me dedico a servir ao meu filho, à minha empresa e, principalmente, ao meu mandato de vereadora”, ressaltou.

Ex-vereadora de Schroeder (2017-2020), Marina Fernandes

“Fui a primeira presidente mulher desta Casa, para mim uma honra. Fui a presidente a implantar o Programa Vereador Mirim em Schroeder. Trabalho há 30 anos na área da saúde, estive na linha de frente na pandemia, como vacinadora”, ressaltou, ao destacar sua trajetória.

Para ela, o fórum é uma grande oportunidade para debate, pois poucas mulheres são eleitas a cargos políticos.


“As mulheres ainda têm muito que trabalhar, não por falta de esforço, mas porque as pessoas acham que a mulher não tem capacidade. E a mulher tem capacidade, a gente mostra isso aqui”, afirmou.

Ex-vereadora de Schroeder (2005-2008), Maria de Lourdes Schivinski

Comentou que apesar das dificuldades da época, foi muito respeitada e valorizada e convidou as mulheres a se dedicarem à política.

Vereadora de Guaramirim, Maria Rosana Franz

Como primeira suplente do partido, ela assumiu assento legislativo. Durante a campanha, relatou ter sofrido preconceito por ser mulher, tatuada, por ser professora e estar sozinha nessa luta, já que é viúva.

“Todo professor é um político: ele incentiva, ele afaga, ele planta… E nós, mulheres, temos que nos enxergar como alguém que já tem o seu lugar. O nosso lugar é em qualquer lugar, basta nós querermos ocupá-lo”, declarou.

Ela questionou sobre o porquê de as câmaras mirins serem formadas em 90% por mulheres, mas, posteriormente, as câmaras estarem minimamente representadas por mulheres.

“Aqui, é que está o futuro. Nós, mulheres, temos a obrigação de nos apoiar, não é um discurso feminista, mas de direito, de termos oportunidades de exercermos um mandato eletivo também.”

Diretora da Assistência Social e ex-vereadora suplente (2009/2012), Mara Fischer

Incentivada pelo pai, sempre esteve presente na política. Concorreu à vereadora estimulada pelo prefeito Felipe Voigt, gestor do município na época. Suplente, ela acabou assumindo assento no Legislativo. É dela o Projeto de Lei de licença-maternidade de seis meses. Hoje é diretora da assistência social.

Vereadora de Jaraguá do Sul, Maria Santin Camello

Destacou que o colegiado visa o fortalecimento da mulher na política e não tem sigla partidária. Os encontros são realizados uma vez por mês, onde as vereadoras trabalham projetos que façam diferença na comunidade.

“É um fórum muito importante, porque a gente escuta as dificuldades que as mulheres tiveram na sua caminhada à frente do Legislativo. E, também, trabalhamos no nosso fortalecimento. Nós podemos, sim, fazer a diferença”, afirmou.

Vereadora Mirim de Schroeder, eleita presidente, Suelen Tais Wudtke

Falou das dificuldades para ver uma mulher sendo eleita prefeita, deputada ou vereadora… e que muitas pessoas pensam que mulheres estão erradas em almejar o poder. Suelen, que entrou no projeto Vereador Mirim neste ano, disse ter ficado encantada com tantas meninas falando sobre política.

“Eu, como vereadora mirim, tenho certeza de que esse projeto vai, sim, nos levar a atuar na política”, ressaltou.

Prefeito Felipe Voigt

O prefeito lembrou das vereadoras que passaram pela Câmara e disse que sabe da importância que a mulher tem em meio ao cenário político, empresarial e em outros setores, onde faz um trabalho que muitas vezes os homens não enxergam.

“Aprendi desde novo, quando meu pai foi embora e minha assumiu a nossa família como pai e mãe, a valorizar a mulher. Respeito muito as mulheres, tanto que a minha filha, Marilene, é hoje minha sucessora enquanto estou na prefeitura, onde nossos negócios são administrados por uma mulher. Dentro do nosso quadro na prefeitura, temos 65% de mulheres e 35% de homens, então, mostra que a gente valoriza a mulher. A única coisa que eu vejo é que a mulher não valoriza as candidatas mulheres, porque se elas votassem nessas candidatas, com certeza teríamos meio a meio [de vereadores eleitos]. Precisamos equilibrar”, apontou.

Presidente do Legislativo de Schroeder, vereador Manoel Burgardt

“O fórum é para fortalecer as mulheres na política, para que elas busquem seu espaço, portanto, nada mais justo que oferecermos o plenário da Câmara.”

Vereador de Schroeder, vice-presidente da Avevi e procurador-adjunto da Procuradoria da Mulher de Schroeder, Everaldo Coelho

Representou os 65 vereadores da região, ressaltando a importância de participar do empoderamento da mulher.

“Todas estão de parabéns por buscar algo a mais”, disse.
 




19/08/2022 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO