NOTÍCIAS


Dengue: fumacê será aplicado em ruas dos bairros João Pessoa e Tifa Martins, em Jaraguá do Sul

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, segue com o cronograma de aplicação de fumacê em determinados bairros da cidade. A ação é uma das estratégias de combate ao Aedes aegypti. O fumacê é feito em áreas com alta infestação de mosquitos e casos de dengue.

Nesta quinta-feira (7), ocorrerá aplicação do inseticida no bairro João Pessoa, das 6h às 7h30. Confira as ruas:
Rua Henrique Oswaldo Frankowiack , nº 34 ao nº 326 ambos os lados
Rua Alidor Gieseler, nº 42 ao nº 297 ambos os lados
Rua José Moreira, nº 54 ao nº 278 ambos os lados
Rua João Jahn, nº 483 ao nº 262 ambos os lados
Servidão 272, nº 278 ao nº 76

Na sexta-feira (8), a aplicação será no bairro Tifa Martins, das 6h às 7h30. Cinco ruas foram mapeadas:
Rua Adelia Klein Ehllert, nº 581 ao nº 291 ambos os lados
Rua Silvio Piazera, nº 38 ao nº 225 ambos os lados
Rua Oscar Ehlert, nº 491 ao nº 231 ambos os lados
Rua Arthur Breithaupt, nº 579 ao nº 390 ambos os lados
Rua Madalena Pereira Coelho, nº 313 ao nº 207

Importante: Em caso de chuva a ação poderá ser reprogramada para outro horário

O fumacê é feito em áreas com alta infestação de mosquitos e casos de dengue. Os agentes de combate às endemias estão percorrendo a área onde haverá a aplicação do inseticida para orientar os moradores.

A aplicação é uma medida utilizada para combater mosquitos adultos, especialmente o Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Isso é feito liberando uma “nuvem” de fumaça contendo baixas doses de um inseticida chamado Cielo-ULV. O objetivo principal é eliminar os mosquitos e reduzir a transmissão dessas doenças.

O fumacê será aplicado ao redor das casas por um agente de endemias utilizando uma bomba intercostal, dispersando a névoa de inseticida, atingindo áreas onde os mosquitos se escondem e se reproduzem, contribuindo para proteger as comunidades contra doenças transmitidas por esses insetos. A aplicação visa eliminar o mosquito na fase adulta que está próximo as residências que serão trabalhadas.

As atividades são planejadas e definidas com base em avaliação técnica, em conjunto com a Regional de Saúde, considerando aspectos epidemiológicos (ocorrência de casos em humanos) e entomológicos (bairros infestados pelo mosquito Aedes aegypti).

Cuidados da população após a aplicação

Durante a aplicação, é essencial que os moradores deixem seus imóveis, mantendo portas e janelas abertas.

Recomenda-se, ainda, a proteção de alimentos, animais domésticos, aquários, aves e abelhas antes do início da aplicação. O retorno ao imóvel é aconselhado 30 a 40 minutos após o término da aplicação.

Outras orientações incluem:
– Manter aquários, gaiolas, alimentos e vasilhas cobertos até 02 horas após a aplicação do inseticida;
– Pessoas doentes, idosas, alérgicas e recém-nascidos devem permanecer em locais mais afastados por até 02 horas após a aplicação do inseticida;
– Hortas e árvores frutíferas: orientamos higienizar adequadamente antes do consumo;
– Proprietários de animais de estimação, aquários e pássaros devem colocá-los em um cômodo fechado durante a pulverização do inseticida e liberá-los após 30 a 40 minutos. Recipientes de água e comida dos animais também devem ser recolhidos. No caso de colmeias (caixas de abelha), o mesmo período de espera é recomendado antes de abri-las. (A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento está em contato com os apicultores para orientação).




07/03/2024 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
NA FREQUÊNCIA