NOTÍCIAS


Aluno de Schroeder medalhista de ouro na OBMEP relembra a conquista em 2021; confira a entrevista

O aluno Matheus de Oliveira, da Escola Luiz Delfino, recebeu na última semana a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), referente ao ano de 2021.

Matheus, de 15 anos, e o professor Josué Francisco Prestini foram entrevistados na Rádio Schroeder na manhã desta quarta-feira (14).

Matheus revela que sua preparação se baseou em praticar o básico e buscar mais informação sobre o conteúdo que não possuía domínio.

“O que eu mais gosto é que as contas quase sempre possuem um padrão e, quando você raciocina para entender o padrão, as contas ficam mais fáceis. A prova em si foi boa, consegui resolver praticamente todas as questões, fiquei bem seguro com algumas respostas, pois resolvi com bastante calma”, comenta.

O estudante revela que não tinha grandes expectativas quanto à competição em 2021, pois foi o primeiro ano que fez a prova. “Foi sim uma grande surpresa, eu tinha feito a prova de maneira totalmente despretensiosa, com uma esperança de ganhar uma medalha de bronze e só”.

Quanto ao futuro, Matheus diz que a meta é continuar estudando, formar-se e ajudar os pais no que for possível. “Meus pais sempre me ajudaram a entender a matemática, principalmente meu pai, que desde que eu era criança me ensinava jeitos de fazer tal conta. Os professores também sempre ajudaram, nas aulas deles sempre consigo entender o conteúdo, sem nenhuma complicação”, afirma.

A preparação dos alunos, segundo o professor Josué Francisco Prestini, teve como base as provas de anos anteriores e, no caso do Matheus, estudando conteúdos que ele tinha dificuldades.

“Desde o início, percebi a facilidade dele em lidar com os cálculos, o raciocínio lógico e o empenho. E com o passar do tempo, também as notas sempre altas, acima da média, a participação nas aulas, as perguntas e o fácil entendimento dos temas”, destaca o professor.

Para ele, dedicação, apoio familiar, comprometimento e vontade de saber mais do que somente o estudo em sala, além de uma visão mais ampla dos conteúdos, fizeram a diferença para que o jovem obtivesse esse importante resultado.

Matheus revela que fez a prova novamente neste ano. “A primeira fase é relativamente mais tranquila, sempre tem cinco questões que são mais complicadas de se fazer com um tempo menor. Passei para a segunda fase e pretendo conseguir alguma medalha de novo”, afirma.

O aluno conta que está em sua terceira participação na OBMEP. “Quando ganhei a medalha de ouro eu ainda estava no nível 1 (6° e 7°) e no ano passado eu subi para o nível 2 (8° e 9°). O que mais gosto na prova, com toda a certeza, é que ela não engloba só matemática, e isso é um incentivador”.

Matheus pretende ganhar medalha nessa e nas próximas edições da OBMEPs, além de estudar em uma boa escola de ensino médio. “Não tenho uma carreira específica em mente, mas a área que tenho certeza que quero trabalhar é com informática ou algo relacionado a ela. Já que desde novo aprendi a fazer coisas nesse âmbito, e nesses últimos três anos aprendi ainda mais”.


Confira a entrevista completa:




14/06/2023 – Rádio Schroeder

SEGUE A @SCHROEDERFM.OFICIAL

(47) 3307-2435

contato@radioschroederfm.com.br
Schroeder – SC

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO