Vereadores apelam por aumento de vagas em curso de Medicina em Jaraguá do Sul
27/07/2021 19:29 em Política

Os vereadores de Jaraguá do Sul, em sessão nesta terça-feira (27), apelaram para que o Ministério da Educação (MEC) autorize o aumento no número de vagas do curso de Medicina da Faculdade Estácio de Jaraguá do Sul.

A moção de apelo leva assinatura de autoria de todos os vereadores jaraguaenses e será endereçada ao presidente da Coordenação Geral de Expansão e Gestão da Educação em Saúde do Ministério da Educação, Sérgio Henrique da Silva Santos, ao secretário da Secretaria de Educação Superior do MEC (Sesu), Wagner Vilas Boas de Souza, e ao secretário da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), Wagner Vilas Boas de Souza.

O presidente da Câmara, Onésimo Sell (MDB), que foi quem articulou a moção junto à Estácio, afirmou que a Saúde é e continuará sendo uma das prioridades desta legislatura e que, por isso, se faz necessário mais investimentos na área, principalmente com a contratação de mais médicos.

Ele lembra que, segundo nota técnica do Ministério da Saúde, que trata sobre o potencial de vagas das diversas regiões de saúde do país, a região de Jaraguá do Sul tem capacidade para até 158 vagas anuais em cursos de Medicina, além das 50 já existentes na Estácio.

Atualmente, há 212 alunos matriculados em cinco turmas de Medicina na unidade.

O texto da moção também aponta que a Faculdade Estácio – em parceria com a Prefeitura de Jaraguá do Sul, com o Hospital São José e com o Hospital Jaraguá – já disponibilizou vários serviços à população do município, como, por exemplo, o monitoramento por telefone dos pacientes testados positivos para Covid-19, prestado por estudantes da instituição.

Conforme o texto, em pouco mais de dois meses, os estudantes já monitoraram 4.174 pacientes com a doença.

Em junho deste ano, os vereadores visitaram as instalações da Estácio no bairro Tifa Monos e desde lá se comprometeram a ajudar a instituição neste pleito junto ao MEC.

Todavia, os parlamentares lembram que essa iniciativa não vai atender apenas Jaraguá do Sul, e sim todos os mais de 316 mil habitantes (IBGE/2019) dos sete municípios da região do Vale do Itapocu (Barra Velha, Corupá, Guaramirim, Massaranduba, Schroeder e São João do Itaperiú)

Eles ainda argumentam que o aumento de cadeiras no curso vai ajudar o país a evitar recorrer a médicos estrangeiros, como fez em anos recentes.

Sirley Schappo (Novo) ressaltou que a visita na Estácio foi bastante esclarecedora e que possibilitou aos parlamentares verem o quanto a instituição se organizou para ter a capacidade de aumentar a oferta de vagas no curso.

Ela frisa que a contribuição dada pela unidade ao município está ajudando a resolver várias situações na Saúde Pública.

Jonathan Reinke (Podemos) salientou que Jaraguá do Sul tem crescido e se desenvolvido muito, apesar de ter a dificuldade de atrair médicos de outras regiões e cidades do país.

O parlamentar lembra que a própria Estácio já tem planos e estrutura para ampliar essa oferta de vagas.

O vereador Luís Fernando Almeida (MDB) acredita que, com este aumento no número de alunos, o retorno financeiro nas mensalidades será maior e ajudará a faculdade a manter os custos de operação, além de poder oferecer valores mais acessíveis às pessoas com menos renda.

A moção foi aprovada por unanimidade.

COMENTÁRIOS